Como os insetos se adaptam no inverno

Como os insetos se adaptam no inverno

A realidade é que assim como nós que ficamos mais caseiros no período de frio, optando por comidas mais quentinhas, roupas mais quentinhas e atividades que não precisem nos tirar de debaixo dos cobertores como o famoso cineminha com pipoca e os amigos em casa, os insetos também se isolam com as baixas temperaturas.

Como os insetos se adaptam no inverno

Os insetos são criaturas de sangue frio, o que significa que eles são especialmente suscetíveis ás temperaturas baixas. Então, para conseguir sobreviver esse período do ano, os animais desenvolveram uma serie de estratégias de adaptação. Que garantem a continuidade da espécie.

Migração

Os insetos tem migração como uma das características da espécie não perde tempo quando as temperaturas caem. A borboleta-monarca é um exemplo dos insetos que escolhem lugares mais quentes para passa o inverno. Dessa maneira, os insetos viajam em busca de um clima mais ameno e retornam na primavera. Quando o sol volta a esquentar sua região de origem.

Inatividade

Sabe-se que muitos insetos buscam abrigos para que possam fazer uma pausa. Isso significa que eles entram em um estado inativo de desenvolvimento, que e parecido com o processo de hibernação dos mamíferos. Para isso, os insetos acumulam camadas extras de gordura e reduzem a quantidade de água que possuem dentro do organismo.

A eliminação da água que congela em temperaturas relativamente mais altas se comparada outros líquidos. É fundamental para criar um ambiente que torne a formação de gelo impossível. Eles também se livram de quais rastros de comida, pó ou bactérias, já que uma simples partícula de pó é suficiente para que a água cristalize. Caso contrario, o liquido pode esfriar até -42° C sem congelar.

Os insetos que tem um comportamento coletivo, como formigas e cupins, ficam em colônias construídas há muitos metros de profundidade da crosta terrestre congelada. Onde eles têm enorme quantidade de alimentos estocados. As abelhas também pensam no coletivo e se agrupam em uma forma compacta semelhante a uma bola. No interior dessa estrutura, as abelhas geram calor ao vibrar os músculos de suas asas, enquanto os insetos de fora permanecem imóveis para isolar o calor. Elas revezam as posições, sendo que a abelha rainha é sempre mantida aquecida no centro do grupo.

Larvas e ovos

O que acontece é que com as temperaturas quentes de volta, os ovos e larvas saem da fase da hibernação e se desenvolve tornando-se mosquitos. Poucos dias após esses processos, voltamos a vê-los por aí novamente. Pois é nesse período que eles sentem  a necessidade de encontrar um parceiro e também de se alimentar.

Esse processo é um processo muito comum na natureza e ajuda o meio ambiente de forma que não aconteça superpopulação desses insetos.

Como os insetos se adaptam no inverno. É dessa maneira que eles vivem e se adaptam.

Dedetizadora Delta Prag.