Dengue

Armadilha contra dengue

Diante da crescente epidemia do Aedes Aegypti, que tem causado inúmeras mortes por todo o país. A melhor forma de combatê-lo ainda é a prevenção. Eliminar os focos de água parada é a recomendação principal dos agentes públicos contra o Aedes Aegypti. Transmissor do zika, febre amarela, dengue e chikungunya.

Mas será que existe um método mais eficiente para acabar com o mosquito? Então, uma ‘engenhoca’ feita com pneus é a mais nova forma de barras a produção do inseto. E, de quebra, reutilizar os pneus velhos atirados nas ruas.

Intitulada de Ovillanta. O produto é bastante simples: metade de um pneu velho com uma válvula de escape no meio. O pneu é preenchido por água e uma solução leitosa com o cheiro dos próprios mosquitos para atrair as fêmeas. Esse feromônio, criado pela Universidade Laurentia, no Canadá. Funciona como um chamariz para os insetos depositarem seus ovos sobre tiras de papel ou madeira que flutuam no interior do pneu.

A vida Da Dengue

Por isso, as tiras são retiradas duas vezes por semana e os ovos, destruídos com álcool ou fogo. Depois disso, a solução chama-mosquito é filtrada através da válvula do fundo do pneu. E volta a ser utilizada com o passar do tempo, o feromônio fica mais forte e por isso, atrai ainda mais fêmeas a largarem seus ovos na armadilha. Em vez de botá-los em outros lugares, onde as larvas vingariam.

Apesar da gambiarra não parecer à solução mais tecnológica para acabar com o Aedes, é uma alternativa acessível e segura para lugares. Portanto, não há  muitos recursos para conter as doenças epidêmicas transmitidas por ele. O uso de Ovillantas é 20% mais barato que se comparado aos pesticidas e ainda conta com a vantagem de não prejudicar outros predadores que convivem com o mosquito.

Se funciona ou não, o que vale é tentar. Pois toda ajuda para o combate contra a Dengue é bem vinda!

Dedetizadora Delta Prag.